A Massa Silenciosa da Internet: "Prefiro não comentar"

29 comments
Prefiro não comentar - sem comentários

Se você é como eu, costuma navegar pela internet em silêncio.

Lê uma notícia, observa os comentários e pronto. Não se envolve. Curte posts dos seus amigos no Facebook, mas nunca comenta. Em blogs, no máximo você ajuda a aumentar o número de views de um post, mas não interage com o escritor. Até em lugares onde o engajamento é mais incentivado, mais natural, muitos de nós ficamos quietos.

Por que algumas pessoas estão sempre interagindo e propondo ideias, enquanto outras parecem mais interessadas apenas em absorver o conteúdo visto?

Bom, essa é uma das tantas perguntas repetidas com frequência lá no Reddit. Como aspirante à blogueiro (e seguidor de outros blogs), me interessei por algumas das respostas.

Saca só como o pessoal respondeu à pergunta:

Por que você nunca comenta?


1. “O post/discussão já foi criado(a) há muito tempo, se eu comentar hoje, ninguém vai ler. Prefiro não comentar.”
Em muitos dos casos, é a dura realidade. Mas se um post de um blog foi criado há bastante tempo, mas tem poucos comentários, garanto que o escritor ficaria feliz de ver um comentário depois de um certo tempo. Por isso não se acanhe! (Ao menos nesse caso). Mas se estamos falando de um post no Facebook ou Reddit, com centenas de comentários, então você tá certo. Ninguém vai ler mesmo.

2. “Sou reservado/tímido na vida real, o mesmo se dá na internet.”
É nesse que eu me encaixo! Em conversas cara-a-cara onde não tenho muita intimidade com a outra pessoa ou com o assunto, geralmente sou um bom ouvinte, mas tenho poucas habilidades pra fazer a conversa continuar. Às vezes não tenho nada pra falar, simples assim! Esse também é o caso de muitas pessoas na internet. Se você é uma delas, não se preocupe! Ouvintes são tão necessários em qualquer discussão como aqueles que falam mais!

Massa silenciosa da internet
Tipo isso.

3. “Já gasto tempo demais na internet sem comentar nada. Se começar a comentar, vou gastar mais tempo ainda.”
Esse é meu argumento preferido. É puramente racional e calculado. Se você começar a comentar nas coisas, provavelmente gastará tempo verificando o seu comentário para ver o quanto de apoio recebeu. Se alguém respondeu ao que você disse, uma discussão surge e aí vem mais tempo gasto debatendo, pensando em argumentos. Aqui a questão é puramente de como você prefere gastar seu tempo. Funciona igual na vida real: você não deixa de ir onde estava indo, mas às vezes atravessa a rua para não ter que conversar com aquele semi-conhecido (amigo do vizinho, vai).

4. “Às vezes até penso em comentar, mas não quero que alguém me odeie ou me julgue pelo que escrevi.”
Algumas pessoas tem medo de serem julgadas por qualquer coisa que façam. Eu entendo, era assim até pouco tempo atrás. Esse tipo de gente evita fazer perguntas na sala de aula, evita criticar alguém quando julga que esse alguém fez algo errado. Parece que a resposta de quem quer que seja será rude e desqualificará seu argumento por completo. Outros medos banais também vem à cabeça: vai que eu erro alguma coisa na gramática, vai que meu argumento não está baseado em fatos, vai que alguém já escreveu isso. É tudo medo da opinião alheia. Mas quer saber? Seja feliz, rapaz! Comente o que você quer comentar! Se o argumento estiver errado, debata; se o argumento for repetido, peça desculpas; se houver um erro gramatical, corrija! Não é tão difícil, arregaça as mangas e começa a digitar!

5. “Porque o que eu iria dizer já foi dito.”
Era isso que eu ia dizer! Bom, esse argumento é infalível. Ninguém quer ficar repetindo o que já foi dito como se fosse um papagaio. Engula o seu argumento, curta/vote naquele comentário similar ao seu e bola pra frente. É o melhor argumento para deixar um conteúdo online sem comentários.

Faltou só uma menção honrosa à esta pérola:
“Por que não comento num post seu? Você tá aqui só para o meu entretenimento. É como se minha TV quisesse que eu interagisse com ela. Cala a boca e me entretenha!” Risos.



E você, quais os motivos de ler esse post e não comentar? Sem comentários pra você se vier com um "prefiro não comentar". Não me vem com desculpinha... :)

29 comentários:

  1. Se eu comentar com um "FIRST !!!", já conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA
      Com certeza, Lucas! Só de saber que alguém leu o post e apareceu aqui nos comentários pra mim já faz a diferença :)))

      Excluir
  2. Pra te deixar mais feliz ainda, segura esse comentário 4 meses depois da postagem xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHA

      4 meses ainda é pouco, quero ver tu comentares daqui 4 anos! Valeu por interagir aqui ;))

      Excluir
  3. Eu sou escritora de fanfics e no site que frequento existe uma enorme preocupação em estimular leitores a deixar reviews, mas eles nunca deixam. O site em questão fez uma pesquisa ampla entre os usuários investigando o porquê. A resposta mais prevalente foi: "tenho preguiça". Acredite se quiser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo? Aí complica. No seu caso, e no meu também, os comentários/reviews servem como crítica para sabermos se o trabalho está bom ou se precisa ser melhorado. A preguiça do pessoal que lê acaba jogando contra a qualidade do conteúdo, o que é uma pena. Vou continuar com minha estratégia de ENCHER O SACO das pessoas para elas comentarem! hahaha

      Obrigado por participar aqui, Tarsila! =D

      Excluir
  4. Normalmente não faço comentários, mas diante do post resolvi abrir uma exceção. rs No meu caso, parei de fazer comentários, seja em redes sociais, notícias ou blogs, quando percebi que as pessoas estão utilizando essa ferramente para brigar/ofender umas as outras. Acho que existe uma grande diferença entre dar argumentos para uma pessoa refletir sobre eles e impor o que considera ser a opinião correto, principlamente quando essa imposição vem através de xingamentos e etc. Enfim, talvez o significado da palavra 'opinião' tenha se perdido ao longo do caminho, mas quem sabe com o projeto de lei para acabar com o anonimato na internet as pessoas voltem a refletir sobre o mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Sâmila! Muitas vezes o pessoal usa os comentários pra quebrar o pau ou ridicularizar as opiniões alheias. Em grandes portais de notícias e até em posts populares do Facebook muitas vezes uso a máxima do "não olhe os comentários", pra evitar de ler bobagens e atrocidades que rolam. Mas aqui no 2Bits é um ambiente mais tranquilo, pode comentar sempre que estamos de braços abertos! ;))

      Excluir
  5. O argumento da Sâmila é muito parecido com o meu, muitas vezes é preferível se manter em silêncio, mesmo tendo opinião para não 'gastar tempo' com discussão sem sentido, entretanto, preciso admitir que o envolvimento através de comentários muitas vezes não acontece por parecer um contato muito impessoal, pouco direto. Mas reconhecer seu ponto de vista sobre a necessidade de interação me incentivou a comentar este post.
    Acredite, mentalmente, já respondi diversos textos seus, algumas vezes até escrevi e apaguei sem mandar (sim). Talvez pelo medo da exposição, ou por considerar que não tivesse muito o que dizer. Quer saber, isso pode refletir positivamente na auto-estima, perceber que não não faço diferença apenas para mim mesmo, que meus comentários e opiniões podem ser relevantes para mais alguém. Extrapolando, imagino que, agora mesmo alguém como eu está lendo isso e concordando comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na vida, vez ou outra algo que uma pessoa falou sem dar muita importância fica na nossa cabeça e nos ajuda a melhorar quem somos. Se você chegar pra essa pessoa e falar "pô, aquilo que você disse me impactou pra caramba", talvez ela nem lembre de ter falado. Temos a capacidade de causar impactos positivos com pequenos gestos e um comentário que recebo aqui no blog não é diferente. Pra mim significa muito e gosto de acreditar que possa ser útil para outras pessoas que navegam por aqui também. Se em um post qualquer você sentir vontade de apagar o comentário que ia fazer, posta como anônimo mesmo que não tem problema. Acho importante exercitar nossa espontaneidade - nesse caso escrever o que você pensou na hora. Além de fazer bem pro blogueiro, faz bem pra quem comenta. Muito obrigado por participar! ;))

      Excluir
  6. Muitas vezes evitamos expressar aquilo que pensamos pois a internet é um "lugar" onde um grupo de revoltados se une para humilhar alguém.
    Quando gosto de uma publicação, eu faço questão de comentar como incentivo ao escritor. Agora, existem blogs que são péssimos. Uns são só imagens e outros repetem as publicações. Do género, eu acho que já li este texto noutro sítio ou aqueles notícias "lindas" sobre tragédias, que repetem as fotos. Coitada da rapariga, apanhou a mãe com o namorado mas espera lá... a mãe não tinha sido assassinada? Ao menos usem fotos diferentes.
    Ou frases revoltadas ou motivadoras das páginas do facebook publicadas por "vários autores". É irritante teres que perder tempo a escrever algo de interessante e outros limitam-se a copiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei na maior dúvida sobre o seu comentário. Até pedi ajuda da galera no twitter pra entender melhor, porque a princípio pensei que você tava me acusando de ter copiado o texto! Mas o seu ponto é de que tem muita coisa copiada na internet e que nem vale a pena comentar? Espero ter entendido melhor agora. Valeu por dar uma força por aqui! ;))

      Excluir
  7. Sabes quantas vezes eu já li a piada do pato lino hoje? Em diferentes sites! Que seca.

    ResponderExcluir
  8. Não vou comentar pra não te atrapalhar. (Pronto: já deixei de editar meia página de texto de trabalho atrasado...) ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Whaaaat? Atrapalhar? Jamais, mano! Qualquer comentário é bem-vindo. Obrigado por deixar umas palavras por aqui ;)))

      Excluir
  9. Eu me encaixo no item 4. Até penso em comentar mas tenho receio de me interpretarem mal. 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela internet acontece muitas vezes, mas se você realmente quiser dar sua opinião, fica com medo não. Aqui no 2Bits jamais serás mal-interpretada! haha :))

      Excluir
  10. Não queria comentar, mas diante de tanto "incentivo", deixo aqui meus parabéns. O 2Bits é demais! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que não querias comentar? Teu comentário me deixou feliz pra caralho, valeu mesmo Gustavo!

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Ta, você me convenceu hahaha! Então, comecei a acompanhar o blog recentemente e curto demais os textos e também to curtindo os vídeos lá no youtube, gosto demais da forma que você pensa!! Continua sempre com esses conteúdos que nos fazem refletir e a cada dia sendo melhor do que antes, que você vai longe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que quiser, comenta. Pra mim conta muito, se não eu mal fico sabendo se alguém gostou do conteúdo ou não. Valeu mesmo Lucas!

      Excluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Texto leve pra tratar de um assunto tão cheio de gente tacanha (e quase invariavelmente infeliz). Gostei. =) #compartilhando.

    ResponderExcluir
  15. E ai Pedro !
    Me identifico mais com o número 3, apesar de que não fico tanto tempo na internet.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poisé, é o que mais me identifico também! Cada vez que comento acabo gastando muito tempo com as discussões que surgem. De qualquer forma, obrigado por comentar aqui 😃

      Excluir

Seu feedback é muito importante pra mim! Me diz aí o que você achou :))

2Bits. Tecnologia do Blogger.