Por que DOIS BITS?

1 comment

Pra conseguir explicar o significado de dois bits, tenho que falar sobre o que eu estava pensando na época da criação do blog. A história é longa, mas vai fazer sentido no final! ;)


Um dia eu tava vendo um daqueles vídeos que faz você pensar o quão pequenos somos no universo. Ele desenvolvia uma linha de raciocínio mais ou menos assim:

Você é apenas uma entre 7 bilhões de pessoas que habitam o planeta Terra nesse momento. 7 bilhões, já pensou o que é isso? Para efeito de comparação, imagine que a Mega Sena de final de ano acumulou por uns 50 anos. Quando o incrível prêmio final de 7 bilhões de reais saiu meio século depois, você ganhou apenas 1 real de toda a montanha de dinheiro. 1 mísera moedinha de real. É isso que você é no mundo. E até 2050 seremos 11 bilhões de pessoas.

Você é apenas 1. Crédito da imagem: dormstormer.com
Isso somente no nosso planeta. Não encontramos vida em outros planetas ainda, mas só no Sistema Solar são outros 7 além da Terra (foi mal aí, Plutão!). Só Júpiter é mais de mil vezes maior que a Terra. E o Sol então? Caberiam pelo menos 1 milhão e 300 mil Terras dentro dele.

Por falar na nossa linda estrela maior, o Sol é apenas uma entre ao menos outras 100 bilhões de estrelas estimadas na nossa linda galáxia, a Via Láctea. Aliás, você já viu aquelas fotos com longa exposição da Via Láctea à noite? É uma coisa maravilhosa de se ver.


Essa coisa enorme que é a nossa galáxia, com ao menos outras 100 bilhões de estrelas como o Sol, é também uma entre ao menos outras 100 bilhões de galáxias no universo. Isso mesmo! Fazendo as contas, chegamos a conclusão de que o nosso Sol é apenas uma entre 100 bilhões de trilhões de estrelas no universo. E ainda tem gente que não acredita em vida fora da Terra!

Somos uma micro luz disso tudo 

"Tá Pedro, já entendi. Somos minúsculos no Universo, mas e daí?"

Até rimou, mas deixa eu terminar o raciocínio antes. Todos esses números que falei até agora são apenas representativos do nosso universo observável. Isso quer dizer que em toda a história da humanidade, os cientistas e estudiosos mais fodões que já existiram não conseguiram bolar uma forma de enxergar além destas 100 bilhões de galáxias. Por que? Porque nos 13,8 bilhões de anos de existência do universo, a luz de outras galáxias mais distantes ainda não teve tempo de chegar aos nossos olhos.

E se houverem outros universos? Esta é uma teoria amplamente aceita por alguns dos cientistas mais renomados do mundo. Ao invés de trabalharmos com a ideia de que somos o único universo existente, poderíamos ser apenas um entre outros sabe-se-lá-quantos bilhões de universos. Quão grande é o cosmos? Alguns acham que é infinito. E você aqui, na frente do seu computador, é menos do que um grão de areia no meio disso tudo. É um átomo, ou só um próton, comparado com o tamanho do cosmos.

Pode ser que nosso universo seja só uma bolhinha dentre infinitas outras. Crédito da imagem: Maciek Bielec.
Você, eu e todos que você conhece somos insignificantes no panorama geral das coisas. Completamente irrelevantes. A Terra, o Sol: irrelevantes. Nossa galáxia: irrelevante.

Mas trazendo um pouco a visão do infinito para o que nos cerca, vemos que cada uma dessas insignificâncias é muito importante para as outras insignificâncias que estão por perto.

O Sol não é nada, mas sem ele como estariam os planetas do Sistema Solar? A Terra certamente não existiria, ou estaria completamente morta. Você não existiria. O Sol nos dá vida, faz a Terra acontecer. De forma similar, o que seriam dos seus amigos e familiares se você se fosse? O quanto de impacto você não tem na vida de cada uma dessas pessoas? O quanto você não interfere em tantas outras vidas só com uma conversa, um sorriso, uma trombada na rua sem querer? Se você não existisse certamente haveria um impacto nas pessoas próximas, na sua faculdade, no seu trabalho, no seu bairro. Você é importante para outros entes que estão conectados com você.

E na internet a lógica é exatamente a mesma.

  • Você está nesse momento visitando um site dentre outros 1 bilhão de sites existentes no mundo virtual.
  • Cada vez que você entra no YouTube, está assistindo apenas alguns minutos de 1 bilhão de horas de conteúdo visto por dia - isso dá 114 mil anos de vídeos sendo assistidos todos os dias!
  • Só no Google são feitas 3 bilhões de buscas todos os dias.
  • A cada segundo são enviados 2 milhões e meio de e-mails (tudo bem que a maioria deve ser SPAM eu imagino).

Ou seja, na internet você também não é nada. No grande mundo virtual, qualquer ação que você tome é completamente insignificante. Eu escrevendo esse texto aqui é a mesma coisa: completamente irrelevante. Um só indivíduo não é nada, mas ao mesmo tempo representamos muito uns para os outros.

E foi daí que surgiu a ideia para o nome dois bits.

Bit é a menor unidade de informação que pode ser armazenada ou transmitida. Então eu e você somos bits, saca? Somos minúsculos e insignificantes, mas se um bit não existisse um pedaço de informação específica não existiria, estaria incompleta. Aqueles bits são importantes para os bits com quem se combinam para formar um dado, um sinal.

Na internet, eu e você somos como zeros e uns
Então a minha ideia é que nós, os dois bits, tivéssemos uma relevância um para o outro de alguma forma. Que eu escrevendo minhas experiências e pensamentos aqui pudesse ajudar você de algum jeito, conseguisse ser minimamente importante na sua vida nem que só por um momento, e que você lendo o que escrevi também estivesse me ajudando, me dando feedback sobre o meu trabalho, dando pontos de vista alternativos, impulsionando o site para a frente.

dois bits: completamente insignificantes no panorama geral das coisas, absurdamente importantes um para o outro e para o microcosmo onde cada um está inserido.

Fiquei apaixonado pela criação do designer que fez esse logo pra mim: parecem duas pessoas se abraçando, tem dois círculos para representar os dois bits e ainda formou o número 2 no centro. O cara conseguiu entender perfeitamente o significado. (Link dele lá no Fiverr).

O que você achou do significado? Como se sente sabendo que nesse tempo todo um dos bits era você? Deixa o seu comentário! :)

Vale avisar que este post também está disponível em vídeo:


Um comentário:

  1. William Cassemiro23 de julho de 2017 11:23

    Ótimo seu texto. Muito boas as analogias. Começo a seguir você no Twitter agora. Acredito que conhecimento aumenta quando compartilhado. Desejo que o seu aumente exponencialmente. Abraços.

    ResponderExcluir

Seu feedback é muito importante pra mim! Me diz aí o que você achou :))

2Bits. Tecnologia do Blogger.